(Semtítulopqopostnãoémeu)

1/06/2009 Edit This 1 Comment »
[Tire essa ideia da cabeça de querer tirar da cabeça um amor...
Se ele não sai do coração...
Agente não esquece um amor, não adianta tentar...
Depois que ele nasce já eras...
O que pode acontecer é com o tempo agente aprender conviver sem ele...
Desapegar-se...
Desapegar-se... mas não completamente...
Sei que é difícil mas, com os anos (milhares de anos) agente aprende deixar os amores mal resolvidos atrás das lembranças jamais esquecidas, ele está lá... Ainda em nossa gaveta (coração), mas, já não precisamos lutar para tira-lo de dentro de nos...
Tire a gaveta...
Você morre... é mais fácil arrumar a gaveta... Ajeitar as lembranças boas por cima e as ruins por baixo...
Mas quem foi que disse que os amores mal resolvidos são ruins?
No máximo nos tiram lágrimas dos olhos pelas dúvidas do que pode ter sido e não foi...
O que mata o homem é a dúvida... em todos os sentidos...
Mas por que baseamos a felicidade, a nossa felicidade, em outro alguém?
A felicidade nasce de nós!!!
Ninguém nos pertence.
Ninguém tem obrigação de nos fazer feliz...
Somos completos, se alguém nos faz feliz é consequência de muitas coisas...
E você já parou para pensar se faz essa pessoa feliz como ela a faz?
O amor não é imposto, implorado, comprado... é ganho!
Compartilhado... Dividindo-se o amor, multiplica-se os sorrisos...
Ame-se para amar...
Ame sem esperar amor... (Outra coisa difícil... isso não dá, mas, todos falam vai ver que dá só eu que não sei)
Por que passar o tempo lamentando aqueles que passaram indiferentes, enquanto esse mesmo tempo poderia ser útil para fazer alguém sorrir?Cada segundo chorando é uma eternidade a menos em que você poderia estar sorrindo!
E antes de se lamentar achando que ninguém lhe ama, olhe pro céu... lá tem um cara que te ama e quer te ver sorrindo!
Amar é difícil...
Ops FÁCIL agente que complica...
Ainda encontro a formula do amor!]


Texto retirado do blog
:

"...Histórias que nos contam na cama antes da gente dormir..."


Publiquei ele aqui, pq achei ele lindo e bem minha cara!

1 comentários:

Lucas disse...

Oie, desculpa só hoje vi que você postou meu texto hehe obrigado... me sinto lisongeado por um texto meu lhe fazer bem...

"Quando partiu, levava as mãos no bolso, a cabeça erguida. Não olhava para trás, porque olhar para trás era uma maneira de ficar num pedaço qualquer para partir incompleto, ficado em meio para trás. Não olhava, pois, e, pois não ficava. Completo, partiu."


Nossa!!! vc q escreveu???
perfeitooooo
hehe

bjxxx